Capítulos

1 Crônicas 11 - NTLH Nova Tradução na Linguagem de Hoje

1 Todo o povo de Israel foi encontrar-se com Davi em Hebrom e disse: —Nós pertencemos ao mesmo povo que o senhor.

2 No passado, mesmo quando Saul era o nosso rei, o senhor comandava o povo de Israel nas batalhas. E o SENHOR, seu Deus, prometeu que o senhor seria o chefe e o protetor do povo dele.

3 Assim todos os líderes de Israel foram se encontrar com Davi em Hebrom. Davi fez um acordo sagrado com eles, eles o ungiram, e ele se tornou rei de Israel, como o SENHOR Deus havia prometido por meio de Samuel.

4 O rei Davi e todos os israelitas foram atacar a cidade de Jerusalém. Nessa época a cidade se chamava Jebus, e os jebuseus, os primeiros moradores daquela terra, ainda moravam ali.

5 Os jebuseus disseram a Davi que ele nunca entraria na cidade, mas ele conquistou a fortaleza de Sião, e ela passou a se chamar Cidade de Davi.

6 Davi disse: —O primeiro que matar um jebuseu será o comandante do exército. Joabe, cuja mãe era Zeruia, dirigiu o ataque e se tornou o comandante.

7 Assim Davi ficou morando na fortaleza, e por isso ela foi chamada de “Cidade de Davi”.

8 Ele construiu a cidade de novo, começando pelo lugar que havia sido aterrado no lado leste do monte Sião, e Joabe reconstruiu o resto da cidade.

9 Davi tornou-se cada vez mais forte porque o SENHOR Todo-Poderoso estava com ele.

10 Esta é a lista dos famosos soldados de Davi. Junto com o resto do povo de Israel, estes soldados ajudaram Davi a se tornar rei, como o SENHOR Deus havia prometido, e conservaram forte o seu reino.

11 O primeiro foi Jasobeão, do grupo de famílias de Hacmoni. Jasobeão era o líder do grupo chamado “Os Três”. Com a sua lança ele lutou contra trezentos homens e os matou numa só batalha.

12 Depois dele, entre os famosos “Três”, vinha Eleazar, filho de Dodo, do grupo de famílias de Aoí.

13 Eleazar lutou ao lado de Davi contra os filisteus na batalha de Pas-Damim. Ele estava numa plantação de cevada quando os israelitas começaram a fugir.

14 Então Eleazar e os seus soldados ficaram no meio da plantação e lutaram contra os filisteus. E o SENHOR lhe deu uma grande vitória.

15 Um dia, três dos trinta oficiais foram até uma rocha perto da caverna de Adulã, onde Davi estava, enquanto que um bando de filisteus acampava no vale dos Gigantes.

16 Um grupo de filisteus havia ocupado a cidade de Belém, e Davi se encontrava na fortaleza que havia no alto de um morro.

17 Então ele suspirou e disse: —Como eu gostaria que alguém me trouxesse um pouco da água do poço que fica perto do portão de Belém!

18 Então “Os Três” passaram pelo meio do acampamento dos filisteus, tiraram água do poço e levaram para Davi. Mas ele não quis beber daquela água; em vez disso, a derramou como oferta a Deus

19 e disse: —Ó Deus, eu não poderia beber desta água! Isso seria o mesmo que beber o sangue destes homens que arriscaram a sua vida para trazê-la! E assim ele não tomou daquela água. Foram essas as coisas que fizeram os famosos “Três”.

20 Abisai, irmão de Joabe, era o líder dos famosos “Trinta”. Com a sua lança ele lutou contra trezentos homens e os matou, ficando famoso entre “Os Trinta”.

21 Abisai foi o mais famoso dos “Trinta” e se tornou o seu líder, mas ele não foi tão famoso quanto “Os Três”.

22 Benaías, filho de Jeoiada, da cidade de Cabzeel, foi um soldado famoso e praticou muitos atos de coragem. Ele matou dois grandes soldados moabitas. Num dia de neve, um leão caiu numa cova. Benaías desceu lá e o matou.

23 Matou também um egípcio, um homem muito grande, de dois metros e vinte de altura, que estava armado com uma lança enorme, muito grande e pesada. Benaías atacou o egípcio com o seu bastão, arrancou a lança da mão dele e o matou com ela.

24 Esses foram os atos de coragem de Benaías, que foi um dos “Trinta”.

25 Ele tinha uma posição de destaque entre “Os Trinta”, mas não foi tão famoso quanto os “Três”. Davi o pôs como chefe da sua guarda pessoal.

26 Os outros soldados famosos foram os seguintes: Asael, irmão de Joabe; Elanã, filho de Dodo, da cidade de Belém;

27 Samote, da cidade de Harode; Heres, da cidade de Pelete;

28 Ira, filho de Iques, da cidade de Tecoa; Abiezer, da cidade de Anatote;

29 Sibecai, da cidade de Husa; Ilai, da cidade de Aoí; Helede, filho de Baaná,

30 e Maarai, os dois da cidade de Netofa;

31 Itai, filho de Ribai, da cidade de Gibeá, no território da tribo de Benjamim; Benaías, da cidade de Piratom;

32 Hurai, dos vales de Gaás; Abiel, da cidade de Arba;

33 Azmavete, da cidade de Baarum; Eliaba, da cidade de Saalbom;

34 Hasém, da cidade de Gizom; Jônatas, filho de Sage,

35 e Aião, filho de Sacar, da cidade de Harar; Elifal, filho de Ur;

36 Héfer, da cidade de Mequerá; Aías, da cidade de Pelom;

37 Hezro, da cidade de Carmelo; Naarai, filho de Ezbai;

38 Joel, irmão de Natã; Mibar, filho de Hagri;

39 Zeleque, do país de Amom; Naarai, da cidade de Beerote, que era quem carregava as armas de Joabe;

40 Ira e Garebe, da cidade de Jatir;

41 Urias, o heteu; Zabade, filho de Alai;

42 Adina, filho de Sizá ( um dos principais membros da tribo de Rúben, que tinha o seu próprio grupo de trinta soldados );

43 Hanã, filho de Maacá; Josafá, da cidade de Mitã

44 Uzias, da cidade de Asterá; Sama e Jeiel, filhos de Hotão, da cidade de Aroer;

45 Jediael e Joá, filhos de Sinri, da cidade de Tiz;

46 Eliel, da cidade de Maavá; Jeribai e Josavias, filhos de Elnaã; Itma, do país de Moabe;

47 Eliel, Obede e Jaaziel, da cidade de Zoba.


1 Crônicas 11 - Nova Tradução na Linguagem de Hoje - NTLH


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com o nossa Política de Privacidade. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento.